Proteção de Circuitos

Relés de segurança

Por julho 23, 2019 Nenhum comentário

Componente que executa a função de proteção de pessoas e equipamentos, visando confiabilidade de aplicações e como prioridade de funcionamento reduzir riscos de acidentes em processos industriais.

O termo rele de segurança nos remete a uma ramificação enquanto dispositivos de proteções específicas. Esta ramificação está diretamente ligada a cada aplicação. Sendo por exemplo, rele de parada de emergência, rele de velocidade zero, rele barreira de luz e rele de simultaneidade, todos voltados para proteção de pessoas e patrimônio.

A forma de controle de funcionamento dos reles depende de cada modelo aplicado. Por exemplo, alguns reles trabalham com a linha de emergência desconectando a alimentação 24 Vcc da sua bobina. Outros modelos trabalham com a alimentação 24 Vcc diretamente em sua bobina, e a função de monitoramento de segurança trabalha com entradas de duplo canal, onde qualquer falha identificada na linha de emergência, fará com que o rele de segurança fique desabilitado.

Como instalar o relé de segurança?

A instalação de um relé de segurança é bem simples, com fácil entendimento visualizando o seu esquema elétrico, o que fica como via de regra, é saber, qual relé de segurança instalar, como por exemplo, utilizar um relé de parada de emergência ou zero speed? Com a norma regulamentadora 12, famosa NR-12 em alta, a utilização desses componentes em sistemas elétricos, está se tornando cada vez maior, visando enquadrar maquinas e equipamentos nos padrões de segurança exigidos.

Tomamos como exemplo o relé de parada de emergência WEG do modelo CP – D, e demonstramos uma situação de ligação de um botão de emergência, e reset automático. Nota-se que neste caso, a alimentação 24 Vcc mantem constantemente energizado o relé de segurança, e o controle de segurança são efetuados pelos dois canais que recebem os contatos fechados do botão de emergência.

Esquema interno de um rele de parada de emergencia WEG CP-D.

Vale salientar que, cada canal do relé de segurança, libera um potencial de tensão para os contatos fechados do botão de emergência, ou seja, em um sistema mais amplo de segurança, que envolva mais botões de emergência, burlar a segurança da máquina se torna mais difícil.

Três exemplos de relé de segurança!

Relé parada de emergência: Destinado para aumentar a segurança dos sistemas de máquinas, este tipo de relé, monitora os contatos dos botões de emergência, sensores de porta, chave de segurança, sensores magnéticos, entre outros dispositivos de segurança.

Imagem rele de parada de emergência.

Relé Parada de Emergência

Relé controle de simultaneidade: Este tipo de relé de segurança, é destinado para que as suas duas entradas sejam acionadas com um tempo bem próximo, ou seja, simultâneos. Ele garante ao operador a segurança de manter as duas mãos ocupadas para acionamento, sendo muito empregados para acionamentos de prensas, tesouras, etc. Podem ser utilizados com botões mecânicos com dois contatos, Palm switch ou soft switch.

Relé Simultaneidade

Relé de segurança zero speed: Este tipo de relé, é utilizado para detectar estado de repouso em motores elétricos. É possível configurar a atuação do relé, em relação a velocidade para garantia de segurança. Além de monitorar a tensão residual gerada proporcionalmente pela velocidade de giro do motor, o relé ainda monitora a ligação entre os enrolamentos do motor e a ligação dos bornes de entrada do relé.

Imagem de um rele de segurança zero speed.

Relé Zero Speed

 

 

Neste vídeo, foi elaborado uma aplicação em que demonstramos o funcionamento de uma esteira,e simulamos a utilização de um relé de segurança. Na parte superior, temos quatro botões, sendo eles denominados como botões de emergência, botão liga e botão reset. O intuito desta simulação é demonstrar que acionando qualquer botão de emergência, a esteira para o seu movimento. Acionando o botão reset é liberado para que acionando o botão liga a esteira retome seu funcionamento.

Detalhes a serem observados para aplicação de sistemas de segurança!

É muito importante a análise correta da aplicação de segurança, para que haja o dimensionamento do relé de segurança ideal para cada situação, por exemplo, onde poderíamos aplicar um relé de simultaneidade, um relé de segurança zero speed, ou um relé parada de emergência.

Importante também garantir que os componentes selecionados para a aplicação de segurança se encaixem na categoria de proteção a qual foram exigidos, garantindo assim a eficácia de todo o sistema. Cada vez mais a NR-12 vem sendo exigida em máquinas e equipamentos, e este artigo, teve como ideia, exemplificar alguns dos componentes de segurança para aplicações em máquinas e sistemas de automação industrial.

View Tech

Autor View Tech

Engenheiro Eletricista 25 anos de experiencia na área de Automação e Manutenção Industrial. Proprietário da Empresa View Tech Engenharia de Automação.

Mais artigos de View Tech

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: