Inversor de Frequência

Como variar a velocidade do motor nos inversores WEG

Por maio 2, 2019 julho 23rd, 2019 Nenhum comentário

Cada modelo de inversor de frequência possui a sua particularidade, hoje vamos informar, as possibilidades de variação de velocidade em cada modelo de inversor de frequência WEG.

Neste artigo, vamos descrever de forma geral, como variar a velocidade do motor, nos inversores WEG. Acesse!

Inversores de frequência

CFW10 Clean: Como este inversor é do modelo Clean, a forma de variação de velocidade, será apenas através das setas na IHM e pulso na entrada digital, chamado potenciômetro eletrônico, através de programação.

CFW10 Standard: No modelo CFW10 Standard, é possível efetuar o controle de velocidade do motor, através das setas da IHM, através das entradas digitais pelo método potenciômetro eletrônico, através de entradas analógicas, seja ela variando a tensão 0 a 10Vcc (potenciômetro externo), ou variando a corrente. Nos valores de 0 a 20mA ou 4 a 20mA.

CFW10 Plus: No modelo CFW10 Plus, é possível efetuar o controle de velocidade do motor, através das setas da IHM, potenciômetro incorporado na IHM, através das entradas digitais pelo potenciômetro eletrônico, através de entradas analógicas, seja ela variando a tensão 0 a 10Vcc (potenciômetro externo), ou variando a corrente, nos valores de 0 a 20mA ou 4 a 20mA.

CFW100: No modelo CFW100, é possível efetuar o controle de velocidade do motor, através das setas da IHM, pulso na entrada digital, através de programação. Ou com a tecnologia plug-and-play, é possível adicionar expansão de entradas analógicas, que podem efetuar a variação da velocidade do motor, recebendo a variação do sinal de referência, seja esse sinal variando a tensão 0 a 10Vcc (potenciômetro externo), ou variando a corrente, nos valores de 0 a 20mA ou 4 a 20mA.

CFW300: No modelo CFW300, é possível efetuar o controle de velocidade do motor, através das setas da IHM, através das entradas digitais pelo potenciômetro eletrônico, através de entradas analógicas, seja ela variando a tensão 0 a 10Vcc (potenciômetro externo), ou variando a corrente, nos valores de 0 a 20mA ou 4 a 20mA.

CFW500: Pode variar a velocidade do motor em todos os modelos da WEG diretamente no inversor, pressionando as setas da IHM. Opcionalmente é possível regular a velocidade externamente através de um sinal de entrada 0-10V (potenciômetro por exemplo), sinal de frequência, controle por bornes ou sinal de controle pelo bus de comunicação industrial. Para cada modelo, as entradas de controle disponíveis podem variar e alguns vão precisar módulos ou acessórios extras.

CFW700: Pode variar a velocidade do motor em todos os modelos da WEG diretamente no inversor, pressionando as setas da IHM. Opcionalmente é possível regular a velocidade externamente através de um sinal de entrada 0-10V (potenciômetro por exemplo), sinal de frequência, controle por bornes ou sinal de controle pelo bus de comunicação industrial. Para cada modelo, as entradas de controle disponíveis podem variar e alguns vão precisar módulos ou acessórios extras.

CFW11: Pode variar a velocidade do motor em todos os modelos da WEG diretamente no inversor, pressionando as setas da IHM. Opcionalmente é possível regular a velocidade externamente através de um sinal de entrada 0-10V (potenciômetro por exemplo), sinal de frequência, controle por bornes ou sinal de controle pelo bus de comunicação industrial. Para cada modelo, as entradas de controle disponíveis podem variar e alguns vão precisar módulos ou acessórios extras.

View Tech

Autor View Tech

Engenheiro Eletricista 25 anos de experiencia na área de Automação e Manutenção Industrial. Proprietário da Empresa View Tech Engenharia de Automação.

Mais artigos de View Tech

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: